Agendamento de Consultas
11 93032-8159
BUSCA

Criopreservação de óvulos

O procedimento para congelar óvulos, sêmen e embriões é semelhante ao de uma fertilização in vitro.

No terceiro dia da menstruação, a paciente é submetida a um exame de ultrassonografia transvaginal para avaliação do endométrio (camada interna do útero) e de seus ovários. Se os órgãos estiverem normais é iniciado o estímulo ovariano para aumentar a produção de óvulos naquele ciclo, por meio de injeções subcutâneas de hormônio folículo-estimulante (FSH) e hormônio luteinizante (LH).

Após o período mínimo de 9 dias de estímulo e quando os folículos atingirem, no mínimo, 18mm significa que estão maduros e pode ser feita a punção dos óvulos. Guiado por imagem de ultrassom, o médico introduz uma agulha fina pela vagina, direcionando-a até o ovário para aspirar todos os óvulos disponíveis.
Após o procedimento, os óvulos são congelados em nitrogênio líquido.

Algumas indicações:

  • Quem tem mais de 35 anos;
  • Pacientes sem parceiro fixo;
  • Necessidade profissional;
  • Pacientes que fazem tratamentos oncológicos.